.

.

01 abril 2018

5 coisas que aprendi adotando uma cachorra adulta


Olá Mochileiros! Tudo bem? Desde pequena sempre tive bichos de estimação, cá em casa sempre tivemos o hábito de adotar, e quanto mais aprendo sobre o quão cruel é a comercialização de animais, mais tento trazer pessoas para o lado - adoção da força - ano passado adotei pela segunda vez um animal mais velho, e vim contar pra vocês o que aprendi com meus filhos idosinhos ♥.


Coisas que meus cães mais velhos me ensinaram


1º - Eles já vem com nome, e geralmente não vão se acostumar a um novo, porém eles aprendem a reconhecer os apelidos, minha cadelinha se chama Faísca, o que é justificado pelo tanto que ela é arisca ksksksk, porém existem alguns apelidinhos pelos quais a chamo, que com o passar dos meses passou a entender que se referiam a ela.

2º - Eles vão ter bem menos energia que um filhote e irão passar o dia de forma diferente, se os filhotes que já tive passavam o dia mordendo tudo, correndo e aprontando muito, os cães adultos tendem a serem mais tranquilos e fazer menos estragos. Não que eles não destruam coisas também ksksks 

3º - Ele virá com os hábitos do dono anterior, tanto os bons, quanto os ruins, minha cadela por exemplo era acostumada a comer somente comida, na minha casa temos o hábito de alimentar com ração, então ouve um processo de adaptação ao qual tivemos que ser bem pacientes, hoje em dia ela come a ração tranquilamente. Isso também vale para hábitos que eles poderiam ter nas ruas ou abrigos.

4º - Um adendo ao que eu disse no terceiro item, você ira se acostumar com ele, na mesma proporção que ele se acostumara a você, se nós temos um pouco de dificuldade a mudanças, imagine viver todo o inicio da sua vida de uma forma e de repente isso mudar bruscamente e ter que passar a viver de uma forma totalmente diferente, novamente você terá que ser paciente.

5º - Muitas pessoas temem adotar um cãozinho adulto por medo dele não se afeiçoar a outras pessoas por já ter tido um dono anterior ou sofrido muito nas ruas/abrigo. Na mesma proporção que um filhote te daria amor e carinho um cão adulto também fara o mesmo, eles podem vir um pouco mais velhinhos, com alguns problemas devido aos anos de vida e algumas manias, mas vem também com alegria, de peito aberto e um coraçãozinho cheio de amor para dar.

6º - Dica Extra: É extremamente importante pegar o background anterior do seu novo amigo, sempre que possível, se ele vier de dono anterior/abrigo costuma ser mais fácil, pergunte sobre vacinas, doenças,hábitos alimentares, como esta a saúde dele e etc. Mesmo tendo o histórico do seu cão, é de extrema importância que a primeira coisa que você faça seja procurar um veterinário para um check up principalmente se o seu amiguinho vier da rua e você não souber nada sobre ele, afinal ninguém quer que o seu bichinho sofra ou se vá muito cedo por falta de cuidados.

Espero que gostem do post e me contém nós comentários as histórias dos pets de vocês e o que já aprenderam com eles ate hoje.

Beijos!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião sobre o post ;)