.

.

.

.
Mostrando postagens com marcador resenha. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador resenha. Mostrar todas as postagens

16 novembro 2015

Ganhar dinheiro fazendo postagens ? Conheça o Tsu a rede social que te paga para postar


Oi Mochileiros,

Tudo bem ?

Que tal ganhar dinheiro navegando em uma rede social ? Essa é a proposta da nova rede social que esta começando a fazer sucesso no Brasil, "O Tsu", segundo o site, o usuário deveria ser pago pelo conteúdo que ele gera, então eles repassam 90 % dos ganhos para os usuários do site e ficam somente com 10 % da receita gerada, mas eles só aceitam se o seu conteúdo for original, ou seja, postar coisas com direitos autorais além de não render nada no site, pode te gerar penalizações.

Criei a minha conta a mais de uma semana para ver como é, e confesso que gostei da rede social, tem uma interface bem limpa e uma navegabilidade bem fácil, em pouco tempo no site você já pega o jeito, achei uma mistura do Instagram com o Facebook, porém mais leve. Não tem aquele monte de separações e coisas que o Facebook tem e que geralmente não usamos nem metade. 

Você tem o Feed de notícias, um feed da sua network, um feed de postagens populares, grupos, e mensagens. A interface do perfil parece muito com o Twitter e além de foto do perfil, também é possível colocar capa.

Para fazer o cadastro você precisa de um código, que a pessoa que te convidou para a rede ira te passar, ou a pessoa te envia um email, existe um limite diário de postagens, curtidas, compartilhamentos e etc. Você pode ter 1000 seguidores e 5000 amigos, e quanto mais você participar do site, mais renda gera. Então é bom ser uma pessoa ativa e observar se os seus amigos/seguidores são também.

Eu ainda não recebi nada e não sei se isso do site te pagar é real, estou fazendo um teste, pois não custa nada, além do que amo testar novas redes sociais, muita gente anda dizendo que ele vai virar o novo facebook, já outros dizem que ele vai ser tipo um Google Plus da vida. 

Se quiserem criar uma conta lá o meu Shortcode é mochileiradagalaxia, me adicionem aqui e o grupo que criei lá aqui.

Espero que o post tenha ficado bem explicativo, se tiverem qualquer dúvida, é só me perguntar nos comentários, e me contem também se vocês já conheciam a rede social e se não conheciam ainda, se irão dar uma chance.

Beijos !





11 novembro 2015

Mochileira recomenda - série Blindspot


Oi Mochileiros,

Tudo bem?

No Mochileira recomenda de hoje vim falar de uma das novas séries que comecei a assistir e estou simplesmente apaixonada, a série Blindpost, já falei um pouco dela aqui. Se você gosta de séries com temática policial, muita ação, conspirações do governo, agentes secretos, bons efeitos e personagens intrigantes, com certeza vai gostar de Blindspot, ela estreou dia 21 de setembro e a primeira temporada é exibida toda segunda feira no canal NBC.


Sinopse


A série acompanha uma vasta trama internacional que explode quando uma mulher desconhecida aparece nua na Times Square, completamente coberta por misteriosas e complexas tatuagens, sem memória de quem é e de como chegou ali. No entanto, um nome se destaca em meio a todos os desenhos: o do agente do FBI Kurt Weller. Logo, eles descobrem que cada marca no corpo de “Jane” é um crime a se resolver, o que os levará para mais perto da resolução dos mistérios, incluindo a identidade da desconhecida.

Trailer oficial


             

A série é cheia de reviravoltas, e muita coisa não é o que parece, os personagens são bastante ricos e conseguem te deixar sempre na dúvida de que lado estão, eles centraram as histórias mais na sede do FBI, o que não atrapalhou o desenvolvimento dos personagens, pois a cada episódio eles liberam um pouco mais sobre a vida deles, e você vai percebendo a personalidade e motivações de cada um, mas não de uma forma aleatória, mas de uma forma que cada pedaço liberado vai contribuindo para enriquecer a história. Isso foi uma coisa que me agradou muito em Blindspot, pois geralmente esse tipo de série não desenvolve o lado pessoal dos personagens de uma forma que contribua para a história. Esse gênero policial tem que saber ser bem trabalhado e Blindspot faz isso com maestria, com bons diálogos, um roteiro rico, cenas de ação de tirar o folego e personagens cativantes. Todas as tensões são bem trabalhadas e os mistérios da serie não ficam se arrastando, ou seja , começa em torno de um grande mistério, que com o passar do tempo vai mostrando ser bem mais complexo do que eles esperavam. Recomendadíssima.

Espero que gostem da minha resenha e me contem nos comentários se vocês já assistiram ou se ficaram com vontade de assistir ? E se começarem a assistir me contem depois o que acharam.

Beijos !


18 outubro 2015

Mochileira recomenda - Os batons da marca Ricosti


Oi Mochileiros,

Tudo bem ?

No Mochileira recomenda de hoje, vou falar sobre os batons da Ricosti, que é uma marca brasileira, que tem produtos muito bons e uma linha de maquiagem bem completa. Tenho uma paixão especial pelos batons, já tive mais de dez da marca, e super recomendo pelo custo beneficio, pois são baratos e acessíveis. 

Na minha cidade eles variam em média de cinco a quinze reais (os matte de textura líquida), e são encontrados com facilidade em farmácias e lojas de cosméticos, já utilizei os normais e os mattes comuns, ainda não comprei o líquido para testar, mas assim que der comprarei.

Batons Matte: A textura dos mattes comuns é bem sequinha, não esfarela na boca, é de fácil aplicação, e tem uma boa duração, além de uma cartela de cores lindas. O cheiro do batom é agradável e para mim só perde pontos pela embalagem, que eu acho meio fraquinha e não atrativa.


Batons comuns (cintilante/cremoso): Apesar de não serem mattes, eles não tem aquela textura melecada, que mais lembra um gloss do que um batom (não gosto), os cintilantes são bem sequinhos, um quase matte digamos, os cremosos são mais hidratantes e emolientes, mas ainda assim são fáceis de matizar com produtos, como pó compacto ou sombra, por isso compro sem medo. Eles não esfarelam, tem uma boa duração, e uma cartela de cores incríveis. Os pontos fracos são as embalagens que não são atrativas e são meio fracas e o cheiro na hora da aplicação, que não é agradável, porém só se sente na hora da aplicação mesmo, depois fica inodoro. O que é meio estranho com relação a eles é que os comuns tem um cheiro forte, mas os matte tem cheiro de baunilha, fica a dica para a empresa, dar uma renovada na formula com relação a isso e melhorar as embalagens.

  • Se quiserem conhecer mais da marca é só clicar em (www), vai te direcionar para o site da marca, onde você pode conferir todos os produtos que eles tem e as cartelas de cores.
  • E aqui e aqui vendem produtos da marca para quem não encontrar em loja física.

Espero que gostem da resenha e me contem nós comentários se já conheciam a marca e se ficaram com vontade de comprar/já compraram algum produto deles.

Beijos!


13 outubro 2015

Mochileira recomenda - Série Jane the virgin


Oi Mochileiros,

Tudo bem ?

No Mochileira recomenda de hoje, vou falar de uma das séries que eu mais gostei nos últimos tempos, Jane the virgin, é uma série de comédia, baseada numa telenovela venezuelana. Confesso que assisti a primeira temporada em dois dias, e olha que pela sinopse não achei que fosse gostar tanto, o foco principal é sobre a Jane e como sua vida muda após ela ser inseminada artificialmente, mesmo sendo virgem. Mistura drama, comédia e um pouco de ação, e se eles seguirem a formula do sucesso que foi a primeira temporada, veio para ficar.

Sinopse


Quando Jane era uma garotinha, sua avó a convenceu de duas coisas: novelas são a mais alta forma de entretenimento e mulheres devem proteger suas virgindades de qualquer maneira. Agora, com 23 anos, a vida de Jane de repente se tornou tão dramática e complicada como uma novela que ela sempre amou, já que uma série de eventos surpreendentes e inesperados faz com que ela seja inseminada artificialmente. Adaptado da novela Venezuela de mesmo nome.

Trailer oficial


             
               


Além de ser muito divertida, a série conseguiu tratar de temas como o aborto, de uma forma leve e sem polemizar. Tem personagens muito engraçados, um roteiro com reviravoltas de tirar o folego, tipico de novelas de drama.

Gostei da evolução dos personagens ao longo da primeira temporada, e a forma como a cada episódio vamos nos envolvendo mais com a história deles e vendo que toda moeda tem dois lados, que as coisas não são tão simples e que nem tudo pode ser preto no branco. Me fez rir, me emocionou, me deixou tensa e com um gostinho de quero mais.

A segunda temporada estréia 12 de outubro, então corre que ainda da tempo de ver a primeira.


Espero que gostem da indicação e me contem nós comentários se vocês ficaram com vontade de assistir.

Beijos!



10 outubro 2015

Porque o bocejo é contagioso ?



Oi Mochileiros,

Tudo bem?

O titulo do post veio do nome de um dos meus livros favoritos da autora e neurocientista Suzana Herculano-Houzel, não sei se vocês iram se recordar de um quadro que passava no Fantástico chamado NeuroLÓGICA , esse livro foi o que deu origem ao quadro, quem apresentava era a própria Suzana, basicamente o livro e o quadro respondem de forma simples, mas ao mesmo tempo em termos científicos, o porque de certas coisas que a gente sempre quis saber como acontece, mas nunca soube onde procurar a resposta. Como por exemplo :

  • Porque o bocejo é contagioso?
  • Porque sofremos com filmes que sabemos ser de ficção?
  • Porque sentimos saudade?
  • Porque choramos?
  • Porque roemos as unhas?
  • Porque comer dá sono?              
Para quem gosta de saber o porque das coisas, ou entender como funciona o corpo humano de uma forma divertida e fácil, o livro é um prato cheio. Recomendadíssimo!
Vou colocar abaixo o texto que responde a pergunta no titulo do post.

Porque o bocejo é contagioso?


Na verdade,não é só o bocejo que é contagioso; ele é apenas mais um tipo de comportamento por imitação, embora seja especial por nos escapar ao controle e ser extraordinariamente difícil, se não impossível, de suprimir. Graças ao acionamento automático dos neurônios-espelho no cérebro, como você acaba de ver, todas as ações que vemos alguém fazer á nossa frente são automaticamente imitadas por nós - ao menos em pensamento. Nosso cérebro ensaia mentalmente, com esses neurônios, os passos de dança ou o saque de tênis que vê o professor fazer, repete silenciosamente o gesto de girar a chave da fechadura ou quer nos reclinar na cadeira quando vê a pessoa à nossa frente fazer isso.

Se não somos macacos de imitação em permanência é porque um sistema poderoso de inibição de ações inapropriadas, que envolve o córtex pré-frontal, nos impede de levar a cabo todas as ações que os neurônios-espelho preparam automaticamente por imitação. A ação velada desses neurônios é suficiente para que eles nos sirvam para ler as intenções e as ações dos outros, sem que cheguem a causar, de fato, o mesmo comportamento. Algumas ações, no entanto, escapam ao controle pré-frontal. O bocejo, por exemplo, é um conjunto de ações reguladas pelo hipotálamo, uma estrutura na parte de baixo do cérebro, bem distante da influência das regiões mais anteriores do córtex.

Ao que tudo indica, do mesmo modo que os neurônios-espelho pré-motores, os neurônios do circuito que leva ao bocejo podem ser ativados tanto por necessidades internas, como falta de oxigênio, quanto porque vimos alguém bocejar ou lemos a palavra "bocejo". (Aliás,a esta altura você provavelmente já começou a bocejar lendo este texto!) Assim com todos os caminhos levam a Roma, todas as idéias associadas com o circuito do bocejo são capazes de ativá-lo. À diferença de imitar um passo de dança ou fazer qualquer outra ação com pés ou mãos que vemos alguém fazer, no entanto, uma vez ativado o circuito do bocejo não tem quem o iniba. O resultado você conhece: o bocejo "pega".

E qualquer outro comportamento que não esteja sujeito ao mesmo controle também é contagioso. Se você ouve as palavras"inspire profundamente", seu cérebro prepara os neurônios do bulbo, outra estrutura bem distante do controle inibitório pré-frontal, para inspirar profundamente.Com tanta preparação, você acaba assumindo autoria do comportamento preparado e vai sentindo cada vez mais vontade de inspirar profundamente, até que a tal inspiração profunda se torna irresistível.(E aí,já respirou profundamente?) É possível que tanto contágio comece, na verdade, com aqueles neurônios-espelho. Pessoas altamente empáticas, que têm neurônios-espelho especialmente sensíveis ás ações alheias, são também as que mais facilmente"contraem" vontades irresistíveis de bocejar ou respirar profundamente só de ver alguém fazer isso.

A Suzana mantém também um site,onde posta coisas sobre neurociência no cotidiano e curiosidades, o link é esse aqui.

Espero que gostem da indicação e me contem ai nos comentários se vocês bocejaram e se ficaram com vontade de ler o livro.

Beijos!

06 outubro 2015

Mochileira recomenda - Série Minority report


Oi Mochileiros,

Tudo bem ?

No Mochileira recomenda de hoje, vou falar sobre a série Minority report, que nada mais é do que a continuação do filme de 2002 com Tom Cruise, ambientada dez anos depois dos acontecimentos finais do filme, mostra o encerramento da divisão Pré-crime, algumas evoluções tecnológicas, a forma que os policiais estão trabalhando após o fim da divisão e como os precogs estão se adaptando a sociedade, já que no final do filme, assim que o programa é desativado pelo governo, eles são mandados para um lugar desconhecido, longe da humanidade.


Sinopse


A série se passa em Washington, DC, dez anos após o fim da divisão Pré-Crime, a agência que usava três "precogs" que eram capazes de ver o futuro para identificar e eliminar os criminosos antes que seus crimes fossem cometidos. Agora, a investigação criminal é diferente, e a justiça prefere confiar mais na tecnologia do que nos instintos dos precogs. O precog Dash impulsionado por visões aterrorizantes e fragmentadas, retorna em segredo para ajudar a detetive da polícia Lara Vega a tentar impedir os assassinatos que ele prevê. Enquanto se aventuram por essa América futurista, eles vão procurar o irmão gêmeo desaparecido de Dash, Arthur, e precisarão escapar daqueles que tentarão de tudo para explorar as habilidades do precog de ver o futuro. Para complicar ainda mais a situação, a irmã adotiva de Dash, Agatha deseja que ele volte para casa. Minority Report é um drama de crime e conspiração, e uma história atemporal de conexão entre duas almas perdidas, Dash e Vega, que encontram amizade, propósito e redenção juntos.


Trailer oficial


               


A série continua com a temática policial, trabalha a questão da resolução dos crimes, porém tentando focar mais no lado pessoal, sobre os sentimentos dos personagens, as escolhas que os fizeram chegar até ali, e como suas decisões futuras afetam as pessoas a sua volta, para quem é fã de ficção cientifica, vai gostar da ambientação da série em um futuro com novas tecnologias, e a forma que elas estão sendo utilizadas, a história mistura, drama, suspense, ação, teorias de conspiração, previsão do futuro e relações conflituosas entre vários dos personagens principais. Confesso que achei o piloto fraco, pois gosto muito do filme e esperava mais, porém acredito que seja uma série promissora, com elementos que podem ser bem desenvolvidos. se forem bem trabalhados e explorados. Espero que a série vingue e não saia dos trilhos como Under the dome, pois essa série também tem participação do Steven Spielberg. E como fã dele que sou, espero não ver mais uma de suas produções cancelada.


  • O piloto foi ao ar no dia 21 de setembro e a série é uma das novas apostas da FOX.

E ai vão dar uma chance  a série ou a temática dela não interessou vocês ?  Me contem ai nos comentários se ficaram com vontade de assistir e se já tiverem assistido qual foi a sua opinião a respeito.

Beijos!

28 setembro 2015

Mochileira recomenda - Série Arquivo X


Oi Mochileiros,

Tudo bem ?

A série sobre a qual vim falar é a minha favorita de todos os tempos, eu amo várias outras,  mais essa é tipo minha série da vida, (série da vida: é a serie que não importa o que aconteça você nunca deixa de gostar), a minha é Arquivo X, lembro que quando criança minha mãe tinha o hábito de alugar os dvd's da serie e nós passávamos horas assistindo, é uma paixão de mais de dez anos.

Arquivo X foi um sucesso de audiência, teve nove anos de duração, nove temporadas, ganhou vários prêmios, gerou dois filmes, um spin off e foi a precursora de muitas do seu gênero em diversas categorias. Foi criada por Chris Carter e um sucesso para a emissora FOX, os personagens e slogans, por exemplo, "The Truth Is Out There" (A verdade está lá fora), Trust No One (Não confie em ninguém), I Want to Believe (Eu quero acreditar), tornaram-se marcos na cultura pop na década de 1990.

Sinopse


O Arquivo X é um arquivo que contem relatos sobre casos paranormais e não explicados que acabaram guardados no subsolo do FBI, mais tarde achados pelo agente Fox Mulder. Desacreditado pelos outros membros do FBI, Mulder começa a investigar esses arquivos, que contém casos de abduções e parecem envolver uma conspiração do governo americano para esconder a existência de vida extraterrestre. Nos arquivos também se encontram casos envolvendo satanismo, relatos de aparições de fantasmas, ocultismo e outros casos misteriosos. E dentro da sua busca frutífera pela verdade está seu objetivo inicial, que é encontrar sua irmã, raptada há mais de vinte anos e que ele acredita ter sido abduzida por alienígenas.Na tentativa de invalidar as suas investigações e fechar o arquivo x, o FBI recruta a agente Dana Scully, uma agente que além de médica, cientista e legista, é cética e deve reportar e dar uma explicação científica para os estranhos casos que Mulder e ela vão investigar, mais ou menos como uma espiã. Entretanto com o passar do tempo, a própria agente Scully começa a se dar conta de que as inacreditáveis teorias de seu parceiro fazem sentido e cada vez mais a sua ciência passa não mais a confrontar o que testemunha, mas a buscar respostas científicas para tais acontecimentos.Pouco a pouco, Scully torna-se mais crente e sua parceria com Mulder evolui a estágios inesperados de grande amizade e cumplicidade na busca pela verdade e para desbaratar a grande conspiração que envolve os altos escalões do governo americano.

A série fez tanto sucesso, que após anos de hiatos, estará retornando ano que vem, em uma mini temporada de seis episódios, porém dependendo da audiência, eles podem estender.

Trailer da nova temporada


             


Curiosidades


  • Vários atores e atrizes famosos já fizeram participações especiais em Arquivo X, como Ryan Reynolds (3ª Temporada), Shia LaBeouf (7ª Temporada).
  • Apesar do termo shippar ter origem nos anos 60, com Star Trek, foi com Arquivo X que a coisa ganhou a proporção que conhecemos hoje.
  • A música de abertura foi produzida meio que por acidente, leia mais aqui.
E ai gostaram da indicação? Me contem ai nos comentários. :)

Beijos!

24 setembro 2015

Mochileira recomenda - Série de livros guia do mochileiro das galáxias


Oi Mochileiros,

Tudo bem ?

No Mochileira recomenda de hoje vou falar de uma das minhas séries de livros favoritas de todos os tempos; A série o guia do mochileiro das galáxias, que foi de onde surgiu o nome do blog. foi escrita por Douglas Adams e é composta por cinco livros.

Personagens principais 


Arthur Dent um inglês que gosta de chá, descobre que sua casa vai ser demolida pouco tempo antes das maquinas aparecerem no seu quintal, e enquanto ele esta tentando impedir isso seu amigo Ford Prefect aparece, revela que é um extraterrestre e que o mundo vai ser destruído em pouco tempo.

Ford Prefect um mochileiro vivendo no planeta terra a alguns anos disfarçado de ator desempregado, fazendo pesquisa para o livro O guia do mochileiro das galaxias, achava que os carros eram a forma de vida dominante, teve a vida salva por Arthur Dent e desde então são amigos, no dia da destruição da Terra conta para Arthur que ele  veio de outro planeta e que eles vão pegar carona, para saírem do planeta antes da destruição do mesmo.

Zaphod Beeblebrox presidente da galáxia, tem duas cabeças, é parente distante do Ford Prefect, roubou a única garota que o Arthur já gostou com uma cantada ruim, que se revelou real, porque ele realmente era de outro planeta, roubou também a nave Coração de ouro, que é movida  pelo gerador de improbabilidade infinita, simplesmente porque ele tinha que fazer algo que não se lembrava o que era.

Tricia McMillian ou Trillian conheceu Arthur Dent em uma festa, mas acabou indo embora com Zaphod Beeblebrox, após uma cantada ruim sobre conhecer outros planetas, ela desejava viajar e convida Arthur para fugir com ela para a ilha de Madagascar o que ele prontamente recusa, alegando ser uma loucura, e é ai que Zaphod entra, pois após a cantada ruim, ela sai da festa e do planeta Terra com ele e vai viajar pela galáxia. Ela é astrofísica e reencontra Arthur na nave Coração de ouro, alguns meses após a festa, pois ela ajudou Zaphod a roubar a nave.

Marvin um andróide feito para ter sentimentos humanos, sofre de depressão, principalmente pelo fato de que possui "o cérebro do tamanho de um planeta" e é aproximadamente 30 bilhões de vezes mais inteligente que um colchão, mas os outros preferem usar sua capacidade para abrir portas ou agarrar algum papel caído no chão. Ele estava dentro da nave Coração de ouro e vive dizendo a todos como esta triste, que as portas da nave o deprimem e como as coisas vão dar errado.

Autor


Douglas Adams - Foi um escritor, roteirista e humorista inglês que ficou conhecido pela saga 'O Guia do Mochileiro das Galáxias'. Também desenvolveu roteiros para as séries Monty Python e Doctor Who. Apesar de ter finalizado os cinco livros de 'The Hitchhiker’s Guide to the Galaxy', Adams era conhecido por detestar deadlines e sempre adiar a entrega de trabalhos. O autor morreu em 2001, aos 49 anos de idade, devido a um ataque cardíaco.

Sinopse


A saga 'O Guia do Mochileiro das Galáxias' conta a história do inglês Arthur Dent que, um belo dia, acorda com o som de máquinas destruindo sua casa. Como se não bastasse, seu amigo Ford Prefect (um alienígena disfarçado) o informa que a Terra será destruída imediatamente para a construção de uma via espacial. Eles fogem e começam a viver uma grande aventura ao encontrar Marvin (um robô deprimido), Trillian (uma mulher que Arthur conheceu em uma festa) e Zaphod Beeblebrox (o presidente da Galáxia).

Curiosidades


  • Já foi doodle do google.
  • A história de Douglas Adams foi adaptada para o cinema em 2005, no filme homônimo dirigido por Garth Jennings.
  • O Guia do Mochileiro das Galáxias’ é uma das séries mais reverenciadas da cultura pop. Todos os anos, milhões de fãs comemoram o Dia da Toalha (25 de maio) em homenagem ao autor Douglas Adams. 
  • A frase ‘Não entre em pânico’ se tornou uma expressão popular, principalmente nos países de língua inglesa. Além disso, todo mundo sabe o significado do número 42.
  • A saga começou em 1979, quando o livro homônimo de Douglas Adams foi publicado em Londres. 
  • Em apenas três meses, mais de 250 mil cópias foram vendidas. A história original fora escrita para uma série de rádio, transmitida pela BBC Radio 4. 
  • A saga 'O Guia do Mochileiro das Galáxias' se tornou um clássico da ficção científica. Os livros já estão traduzidos em mais de 30 idiomas.
É uma série incrível, com personagens cativantes, tem um humor acido e incomum,e trás varias criticas a costumes da nossa sociedade, é uma sátira da vida real, já li e reli diversas vezes e recomendo que todos dêem uma chance. Nesse site aqui, tem o a sinopse de todos os livros.

Espero que gostem da indicação e me contem nos comentários se ficaram com vontade de ler.

Beijos!

19 setembro 2015

Mochileira recomenda - Livro Meus enigmas favoritos



Oi Mochileiros,

Tudo bem ?

No mochileira recomenda de hoje vim resenhar um dos meus livros favoritos de todos os tempos, Meus enigmas favoritos do autor J.J Benitez.
Benitez é famoso por escrever livros sobre os grandes mistérios da humanidade e pela série Operação cavalo de troia, o livro reúne vários dos mistérios já pesquisados por ele, com uma introdução ao dito mistério, relatos, fotos e documentos.

Para quem gosta de mitologia, ou investigações sobre casos paranormais, vale a pena dar uma chance, o livro tem a escrita simples, com capítulos bem separados. e vários temas interessantes, desde aparições de óvnis a analise de pinturas rupestres. O autor escreve de forma muito inteligente e descritiva, você consegue se visualizar no lugar ou visualizar o objeto sem problema algum.

Como a primeira edição do livro foi publicada em 1993, e grande parte de suas explorações foi realizada décadas atrás, algumas informações são antigas, mas não houve grande evolução com relação a pesquisa dos dados mistérios, então esses fatos não alteram em muita coisa o conteúdo atual da obra.

Embora alguns pensem que o livro pudesse conter mais informações, acredito que o proposito do autor foi apresentar um 'digamos' resumo de tudo, por isso não houve um aprofundamento muito grande, pois se houvesse isso, o livro ficaria enorme, e ele tem livros dedicados a falar inteiramente sobre um só mistério em particular.

Alguns dos mistérios vão parecer realmente impossíveis, mas haverá alguns que te deixaram com uma desconfiança la no fundo se são ou não verdade e outros te deixaram dando voltas e voltas tentando achar uma explicação para como aquilo aconteceu.

Sobre o livro


Título original: Mis Enigmas Favoritos.
Editora: Planeta.
Número de páginas: 256.
Gênero: Curiosidades/Não-ficção.

            Sinopse

Em 'Meus enigmas favoritos', o autor reúne suas mais recentes descobertas (e também suas eternas dúvidas) sobre o Triângulo das Bermudas, os moais da Ilha de Páscoa, as figuras de Nazca, no Peru, a intrigante criatura que habita o lago Ness, na Escócia, e até mesmo o verdadeiro poder da ayahuasca, utilizada em cerimônias do Santo Daime, no Brasil. São 30 enigmas, que compõem neste livro um dos projetos mais ambiciosos da carreira do autor.




Espero que gostem da resenha e me contem ai nos comentários se ficaram com vontade de ler.

Beijos !

18 agosto 2015

Mochileira recomenda - Dan Brown


Oi Mochileiros,

Tudo bem ?

No Mochileira recomenda de hoje, vou falar sobre o autor Dan Brown, e os seus livros apaixonantes, eu tenho vários autores que amo, mas o Dan Brown tem um lugar especial no meu coração. Já li todas as obras dele e simplesmente gosto de todas, a escrita dele é fluida e cativante e cheia de reviravoltas, os livros dele são do tipo que você não quer largar até terminar de ler, misturando história, mitologia, arquitetura, cidades maravilhosas, protagonistas inteligentes, e mistérios.

O gênero literário dele é uma mistura de romance policial com suspense, e o seu mais famoso protagonista é o Robert Langdon, um simbologista muito esperto. Dan Brown foi/é um sucesso tão grande que seus livros já foram traduzidos para mais de cinquenta idiomas, além de ter sido considerado uma das cem pessoas mais influentes do mundo pela revista Time.

A forma que ele monta as tramas e reviravoltas de suas histórias é coisa de mestre, misturando teorias de conspiração com simbologia, e nos deixando apreensivos ate chegar a última página.

  • Leia mais sobre ele aqui
  • Site oficial dele aqui.

Resenha de sua obras

  • Resenha do livro Ponto de impacto. (link)
  • Resenha do livro Fortaleza digital. (link)
  • Resenha do livro Anjos e demônios. (link)
  • Resenha do livro O código da Vinci. (link)
  • Resenha do livro Inferno. (link)
  • Resenha do livro O simbolo perdido. (link)

E ai já leram algum livro dele ? Me contem ai nos comentários.  :)

Beijos!

06 agosto 2015

Por que sentimos saudade ?


Oi Mochileiros,

Tudo bem ?

O texto abaixo foi retirado do livro " Por que o bocejo é contagioso ? ", e explica de forma cientifica e muito simples, o porque de sentirmos saudade, o post sobre o porque do bocejo ser contagioso que tem aqui no blog, veio desse livro também, no post eu resenhei o livro e coloquei a explicação sobre o bocejo (link).

Por que sentimos saudade ?

Porque nosso cérebro é capaz de evocar memorias de sensações e situações passadas e projetá-las para um futuro imaginado. Quando projetamos para o futuro situações associada a emoções negativas, como a tristeza de perder uma pessoa querida ou o medo de ser assaltado, sofremos estresse por antecipação e ficamos ansiosos. Essa ansiedade é muito importante, pois nós faz mudar nosso comportamento e tomar decisões que reduzem a chance de que a projeção desfavorável aconteça de fato.

Ao contrário, quando evocamos e projetamos para um futuro próximo - ou seja, desejamos - um reencontro com uma pessoa querida ou o retorno ao lugar aonde nós sentimos felizes e seguros, a ansiedade assume outra forma, chamada saudade: a ânsia de voltar a estar na companhia de uma pessoa ou em um lugar, alimentada pela possibilidade do reencontro.

Se não fosse a capacidade de usar a mesma região do cérebro que cuida de memórias passadas para lançá-las no futuro, evocar sensações passadas agradáveis daria apenas prazer, e não a ânsia, tantas vezes angustiante, de reviver aquelas sensações. Evocar a presença de um parente morto seria apenas uma lembrança boa, e não algo que nós leva as lágrimas. Essa deve ser a dor maior de perder uma pessoa querida: a certeza de que projeções para um futuro próximo de memória felizes com ela não  mais se tornarão realidade. Ao constatar a impossibilidade só resta ao cérebro...chorar.


E ai gostaram do texto ? Me contem ai nos comentários.  :)

Beijos!

25 julho 2015

Aplicativo para editar fotos


Oi Mochileiros,

Tudo bem?

O Fotor é um aplicativo para edição de fotos bem completo, ele tem as funções realçar, modo de cena, efeitos, edições básicas, edições avançadas, girar foto, cortar foto, molduras, adesivos, texto, foco e despixelar.São mais de 20 efeitos diferentes separados por categorias, ainda tem a opção de fazer colagens, de todos os que eu já utilizei, ele foi o que ate agora eu mais gostei, prova disso é que atualmente uso somente ele para editar minhas fotos.


(Fonte:Link)

Ele é gratuito para Android , IOS e Windows Phone, além de tudo é um app leve, não ocupa muito a memoria do celular. e caso você esteja sem ideia de como editar a foto, ele conta ainda com uma aba de inspiração, noticias e sugeridos.

E ai gostaram do aplicativo? Me contem ai nos comentários. :)

Beijos!

14 julho 2015

Mochileira recomenda - Série Under the dome

                                                                     
Oi Mochileiros,

Tudo bem ?

No mochileira recomenda de hoje eu irei falar sobre uma serie que ganhou meu coração nos últimos tempos, a serie Under the dome ( Under the Dome - Prisão Invisível na Rede Globo ou O Domo na TNT ).

Sinopse

Baseado no livro de mesmo nome, Under the Dome conta a história dos moradores da pequena cidade americana de Chester's Mill,no Maine, onde uma enorme e transparente cúpula indestrutível de repente os corta do resto do mundo. Sem acesso à internet, telefone e televisão, as pessoas presas dentro da cúpula devem encontrar suas próprias maneiras de sobreviver com a diminuição dos recursos e as crescentes tensões. Enquanto as forças militares, o governo e os meios de comunicação posicionados fora da barreira tentam derruba-lá, um pequeno grupo de pessoas presas lá dentro, tentam descobrir o que é, de onde veio, e quando (e se) ela vai embora.

 

Trailer oficial


Apesar de ainda não ter tido a oportunidade de ler o livro no qual a serie é baseada, sou suspeita para falar porque adoro o trabalho do Stephen king, e uma junção dele com o grande Steven Spielberg rendeu em uma serie incrível. Apesar de ter lido muito por ai que a serie se desviou muito do livro, entendo que adaptações no geral nunca ficam cem por cento iguais. Eles souberam misturar bastante elementos legais e criar uma serie que prende a atenção dos espectadores, prova disso é que a terceira temporada acabou de estrear.

Espero que gostem da indicação de hoje e comentem: Ficou com vontade ou já assistiu a serie?

Beijos!

09 julho 2015

Mochileira recomenda - Livro Histórias para aquecer o coração


Oi Mochileiros,

Tudo bem ?

O blog passara a ter uma nova categoria chamada Mochileira recomenda, que ira ser sobre coisas que eu comprei/usei/assisti/ouvi/li/etc e recomendo. E para estrear o quadro com o pé direito, vou indicar um livro incrível, um dos meus favoritos. 

Informações do livro

Nome: Historias para aquecer o coração dos adolescentes.

Autor(es): Jack Canfield, Mark Victor Hansen e Kimberly Kirberger.

Editora: Sextante.

Sinopse

Este livro retrata uma das épocas mais marcantes e desafiadoras da vida: a adolescência.
Misturando casos leves e divertidos com reflexões sobre os problemas enfrentados nessa fase de tantas descobertas e mudanças, ele mergulha no universo dos jovens, com histórias de aventuras no colégio, da descoberta da verdadeira amizade, do primeiro beijo, dos namoros e da delicada relação entre pais e filhos. Contadas, na maioria das vezes, pelos próprios adolescentes, as histórias reunidas aqui tratam da luta dos jovens para crescer e realizar seus sonhos, superando a timidez, o medo do julgamento dos outros e seus próprios limites. "Histórias Para Aquecer o Coração dos Adolescentes" se transformou em um companheiro fiel para jovens de todo o mundo, ajudando-os a entender seus sentimentos e a realizar mais livremente suas escolhas.

Encontrei esse livro por acaso em um Sebo da minha cidade e assim que li a sinopse me interessei bastante, é um livro com um texto fácil e leitura leve, pois são vários contos, e a parte bacana disso é que são diferentes pessoas que enviam os contos para os autores, cada conto te passa uma lição de reflexão, um sentimento bom, mesmo quando eles são tristes, acredito que seja um livro que vá agradar a qualquer idade. Recomendadíssimo!

Vou deixar abaixo um dos meus contos favoritos,que fala sobre o criador da tirinha Peanuts :

Sparky

Para Sparky, o colégio era uma coisa quase impossível. Ele foi reprovado em todas as matérias na sétima série. Foi reprovado em Física no ensino médio, com nota zero. Sparky também foi reprovado em Latim, Álgebra e em Inglês. Não foi muito melhor nos esportes. Embora tenha conseguido entrar para o time de golfe da escola, perdeu o único jogo importante da temporada. Havia um jogo de consolação e esse ele também perdeu.

Durante toda a sua juventude, Sparky teve problemas de sociabilidade. Os outros não chegavam a não gostar dele, pois ninguém lhe dava importância suficiente para isso. Ele ficava surpreso se algum colega lhe dava um bom dia fora do horário de aula. Não se sabe ao certo como foi sua vida sentimental. Sparky nunca convidou uma garota para sair no ensino médio. Tinha medo de ser rejeitado.

Sparky era um perdedor. Ele, seus colegas... todo mundo sabia.. Então ele vivia com isso. Sparky tinha decidido cedo na vida que, se fosse para as coisas darem certo, elas dariam. Do contrário, ele se contentaria com o que parecia ser sua inevitável mediocridade.

No entanto, uma coisa era importante para Sparky - desenhar. Ele tinha orgulho de seus desenhos. É claro que ninguém mais gostava deles. No último ano do ensino médio, ele ofereceu alguns quadrinhos para os organizadores do livro de formatura da classe. Os quadrinhos foram rejeitados. Apesar dessa rejeição específica, Sparky estava tão convencido de seu talento que decidiu se tornar um artista profissional.

Depois de completar o ensino médio, escreveu uma carta para os estúdios Disney. Pediram-lhe que mandasse algumas amostras de seu trabalho e sugeriram o tema para uma série de quadrinhos. Sparky desenhou os quadrinhos propostos. Passou muito tempo trabalhado nele e em todos os outros desenhos que enviou para avaliação. Finalmente, recebeu uma resposta dos estúdios Disney. Havia sido rejeitado mais uma vez. Outra derrota para o perdedor.

Sparky decidiu, então, escrever sua própria autobiografia em quadrinhos. Descreveu a si mesmo quando criança - um garoto perdedor que nunca conseguia se sobressair. O personagem dos quadrinhos logo se tornaria famoso no mundo inteiro. Pois Sparky, o menino que tinha tão pouco sucesso no colégio e cujo trabalho fora rejeitado vezes sem conta, era Charles Schulz. Ele criou a tira Peanuts com o cachorro Snoopy e o pequeno personagem Charlie Brown, cuja pipa nunca voava e que não conseguia chutar uma bola de futebol.


E ai gostaram da indicação ? Ficaram com vontade de ler o livro ? Me contem ai nos comentários. :)

Beijos!






23 outubro 2014

Mochileira recomenda - Jules Verne


Oi Mochileiros,

Tudo bem?

No Mochileira recomenda de hoje, vou falar um pouco sobre o autor Jules Verne (aka Julio Verne) e os seus livros incríveis, ele é um daqueles autores que você se apaixona no primeiro livro que lê, pois a escrita dele é bem desenvolvida e simples, a historia se desenrola de maneira natural e com uma fluidez incrível, quando você menos esperar, já terminou o livro. É considerado por críticos literários o precursor do gênero de ficção cientifica, tendo feito predições em seus livros sobre o aparecimento de novos avanços científicos, suas histórias futuristas e muito reais fizeram os livros de Verne populares em todo o mundo. Dentre todos os que eu já li, meu favorito é Vinte mil léguas submarinas, Nautilius e capitão Nemo me cativaram profundamente. Com mais de cem livros publicados e um dos autores mais traduzidos do mundo, essa é a indicação de hoje.

Nesse link aqui, tem uma biografia mais completa da vida dele, vale super a pena o clique, pois Jules é um desses autores que não só escreve livros incríveis, como tem vidas com fatos tão incríveis quanto, por exemplo, aos onze anos ele tentou fugir para virar marinheiro, na verdade ele fugiu, mas foi encontrado pelo pai, que muito irado lhe deu uma surra de chicote.

Resenhas de alguns dos seus títulos mais conhecidos:

  • Resenha do Livro Vinte mil léguas submarinas (Aqui)
  • Resenha do Livro Viagem ao centro da terra (Aqui)
  • Resenha do livro Volta ao mundo em 80 dias (Aqui)
  • Resenha do livro A ilha misteriosa (Aqui)
Espero que gostem da recomendação e dêem uma chance a esse autor incrível e me contem nos comentários qual dos livros dele vocês ficaram com vontade de ler. :)


Beijos!






18 outubro 2014

Como atirar vacas no precipício.


                                                   
Oi Mochileiros,

Tudo bem?

O texto abaixo é o meu favorito de um livro de contos chamado " Como atirar vacas no precipício ", o conto trás uma reflexão sobre a vida, sobre como as pessoas encaram as dificuldades, e como as vezes nós não devemos questionar certas mudanças, apenas aceita-las e seguir em frente. Por que no fim, amanhã sempre será um novo dia, com um milhão de novas possibilidades.

Como atirar vacas no precipício



Um filósofo passeava por uma floresta com um discípulo, conversando sobre a importância dos encontros inesperados. De acordo com o mestre, tudo que está diante de nós nos oferece uma chance de aprender ou ensinar. Quando cruzavam a porteira de um sítio que, embora muito bem localizado, tinha uma aparência miserável, o discípulo comentou: - O senhor tem razão. Veja este lugar… Acabo de aprender que muita gente está no paraíso, mas não se dá conta disso e continua a viver em condições miseráveis.
- Eu disse aprender e ensinar – retrucou o mestre. Constatar o que acontece não basta; é preciso verificar as causas, pois só entendemos o mundo quando entendemos as causas.
Bateram à porta da casa e foram recebidos pelos moradores: um casal, três filhos, todos com as roupas sujas e rasgadas.
- O senhor está no meio desta floresta, não há nenhum comércio nas redondezas – observou o mestre ao pai de família. Como sobrevivem aqui?
E o homem, calmamente, respondeu.
- Meu amigo, nós temos uma vaquinha que nos dá vários litros de leite todos os dias. Parte desse produto nós vendemos ou trocamos, na cidade vizinha, por outros gêneros de alimentos. Com a outra parte, produzimos queijo, coalhada e manteiga para o nosso consumo. E assim vamos sobrevivendo.
O filósofo agradeceu a informação, contemplou o lugar por um momento e foi embora. No meio do caminho, disse ao discípulo:
- Pegue a vaquinha daquele homem, leve-a ao precipício e jogue-a lá embaixo.
- Mas ela é a única forma de sustento da família! – espantou-se o discípulo.
O filósofo permaneceu calado. Sem alternativa, o rapaz fez o que lhe pedira o mestre, e a vaca morreu na queda. A cena ficou gravada em sua memória.
Muitos anos depois, já um empresário bem-sucedido, o ex-discípulo resolveu voltar ao mesmo lugar, contar tudo à família, pedir perdão e ajudá-los financeiramente.
Ao chegar lá, para sua surpresa, encontrou o local transformado num belíssimo sítio, com árvores floridas, carro na garagem e algumas crianças brincando no jardim. Ficou desesperado, imaginando que a humilde família tivesse precisado vender o sítio para sobreviver. Apertou o passo e foi recebido por um caseiro muito simpático.
- Para onde foi a família que vivia aqui há dez anos?
- Continuam donos do sítio.
Espantado, ele entrou correndo na casa, e o senhor logo o reconheceu. Perguntou como estava o filósofo, mas o rapaz nem respondeu, pois se achava por demais ansioso para saber como o homem conseguira melhorar tanto o sítio e ficar tão bem de vida.
- Bem, nós tínhamos uma vaca, mas ela caiu no precipício e morreu – disse o senhor. Então, para sustentar minha família, tive que plantar ervas e legumes. Como as plantas demoravam a crescer, comecei a cortar madeira para vender. Ao fazer isso, tive que replantar as árvores e precisei comprar mudas. Ao comprar mudas, lembrei-me da roupa dos meus filhos e pensei que talvez pudesse cultivar algodão. Passei um ano difícil, mas quando a colheita chegou eu já estava exportando legumes, algodão e ervas aromáticas.
Nunca havia me dado conta de todo o meu potencial aqui: ainda bem que aquela vaquinha morreu!

Moral da história: Algumas mudanças por mais difíceis que sejam, são necessárias, deve-se erguer a cabeça e seguir em frente.

  • Texto retirado do livro "Como atirar vacas no precipício" da autora Alzira Castilho.
E vocês estão precisando atirar vacas no precipício? Gostaram do texto? Me contem ai nos comentários. :)

Beijos !